sexta-feira, novembro 21, 2008

A Ministra Panada

Vamos inverter a ordem de uma refeição? Vamos lá...

Começo este post com uma deliciosa sobremesa. Uma frase doce proferida pela (ainda) Ministra da Educação, Maria de Lurdes:

«Tenho de reconhecer que a forma como estávamos a concretizar a dimensão relativa aos resultados escolares não era confortável, nem razoável, mas excessiva, desajustada e com erros técnicos», disse Maria de Lurdes Rodrigues, esta quinta-feira [2008/11/20], em entrevista à RTP. [Fonte: TSF Online]

Maria de Lurdes, para chegar a esta brilhante conclusão, teve de passar por duas manifestações com mais de 100.000 docentes, críticas por parte de várias personalidades da sociedade (entre as quais, alguns militantes do PS), movimentos de professores, sindicatos e apelos do Presidente da República.

E qual a solução que Maria de Lurdes e o Conselho de Ministros encontra? Simplificar o actual modelo de avaliação. Permitam-me invocar um livro com cerca de dois mil anos - o Novo Testamento - para ler o versículo 17, capítulo 9, do Evangelho segundo S. Mateus: "Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha, porque semelhante remendo rompe a roupa, e faz-se maior a rotura. Nem se deita vinho novo em odres velhos; aliás rompem-se os odres, e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; mas deita-se vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam.".

Por falar em vinho, temos de falar agora do prato principal: que tal um arrozinho de feijão com Ministra panada? Os alunos, num protesto da semana passada, atiraram ovos à Ministra. Como observa Ricardo Araújo Pereira na sua crónica da Revista Visão, a Ministra atendeu logo às reivindicações dos estudantes, fazendo parecer que os ovos conseguem atingir mais depressa os objectivos do que as manifestações ordeiras, mesmo que compostas por mais de 100.000 manifestantes. Para termos Ministra panada, só faltam mesmo a farinha e o azeite ou óleo a ferver. Deixo o resto à vossa imaginação.

A Ministra continua a dar sopa aos Professores. Mas, perante o que disse ontem à RTP, o único caminho razoável seria mesmo a demissão.

Sem comentários:

Festival Eurovisão da Canção 2018

Como é tradição, aqui vai a minha apreciação do Festival da Eurovisão deste ano. E o vencedor é... ...novamente Salvador Sobral! Sim. ...