quinta-feira, maio 15, 2008

Inteligência ao volante (?)

Desde que conduzo que gosto de observar o comportamento de outros condutores ao volante. Até já escrevi um post sobre isso. Mas... ultimamente ainda me causa mais espécie! Toda essa quantidade de hormonas podia ser canalizada para outras actividades mais divertidas e desviada do comportamento agressivo ao volante. Essas pessoas ainda não se deram conta do preço a que os combustíveis estão? Parece que não!

Alguém que conheça o bom xico-espertismo português poderá refutar... uma grande parte dos condutores agressivos está a marimbar-se para o preço dos combustíveis uma vez que está a conduzir, possivelmente, o carro da firma e, logo, não é ele que paga a factura. Deveria, neste caso, a razão, o bom senso e a inteligência lembrar a essas pessoas que a firma que paga a factura do combustível é também a mesma que lhes paga o salário ao fim do mês... e poderá não haver no futuro dinheiro para uma das duas coisas (ou, no cenário mais pessimista, para nenhuma delas!).

Uma condução defensiva, equilibrada, sem arranques bruscos, sem acelerações desmesuradas e sem velocidades vertiginosas faz cada vez mais sentido para os nossos bolsos; como faz também cada vez mais sentido utilizar os automóveis e similares apenas para o indispensável.

Para pensar também: onde vamos nós adquirir o combustível? A quem nos faz mais barato ou a quem faz tudo para o colocar mais caro? Não nos iludamos com promoções, talões, cartões de fidelização e o diabo a quatro! Façam as contas e utilizem o combustível que for mais barato! Só assim poderemos lutar contra o cartel vigente entre as principais petrolíferas que, curiosamente, continuam a ter lucros astronómicos... adivinhem à custa de quem.

Um pouco de inteligência nestes tempos difíceis vinha mesmo a calhar para certas pessoas, não acham?

2 comentários:

Nuno Salvaterra disse...

Se for eu a pagar o meu combustível, posso utilizar arranques bruscos, acelerações desmesuradas e velocidades vertiginosas?

El Gitano disse...

Pode (desde que respeite o código da estrada)! Com todas as implicações que isso tem para a segurança de todos, para o ambiente, para o desgaste do carro e para o lucro das petrolíferas!

Festival Eurovisão da Canção 2018

Como é tradição, aqui vai a minha apreciação do Festival da Eurovisão deste ano. E o vencedor é... ...novamente Salvador Sobral! Sim. ...