sexta-feira, julho 19, 2013

Interfaces rápidas

Se há alturas em que os utilizadores desesperam quando a interface é demasiado lenta na resposta, também podem haver problemas se for demasiado rápida.

"Os utilizadores podem não reparar em coisas que mudam rapidamente e, mesmo quando reparam, os elementos do ecrã que mudam rapidamente são mais difíceis de entender".

Algumas frases e conceitos a reter:

  • É, quase sempre, melhor que uma interface responda rapidamente.
  • A memória humana decai rapidamente. Logo, as pessoas podem esquecer-se de algumas coisas que estavam a fazer enquanto esperam por um computador lento.
  • Quando as mudanças acontecem num "piscar de olhos", os utilizadores podem "piscar os olhos" e não notar a diferença. Podem, por exemplo, estar a olhar para outra parte do ecrã no breve intervalo de tempo em que essa mudança acontece.
  • Também podem surgir problemas quando os utilizadores reparam na mudança rápida mas não têm tempo para interiorizar aquilo que aconteceu. Isto ocorre em elementos do tipo "carrossel", "rotores" e outros elementos de design que rodam ou mudam automaticamente. Quando o utilizador decide que algo é do seu interesse, essa coisa desaparece do ecrã e é substituída por outra que não suscita interesse. Este problema é mais acentuado em utilizadores seniores ou com necessidades especiais.
Para lerem o post de Jakob Nielsen na íntegra: When the UI is Too Fast

Sem comentários:

Festival Eurovisão da Canção 2018

Como é tradição, aqui vai a minha apreciação do Festival da Eurovisão deste ano. E o vencedor é... ...novamente Salvador Sobral! Sim. ...