quinta-feira, setembro 03, 2009

Cara de Pau

A política é um terreno verdadeiramente pantanoso. Tem os seus encantos, é verdade. Pode ser útil em prol de um país se for bem feita, é verdade. Contudo, a maior parte das vezes é mal feita por maus políticos. Uma das características dos maus políticos é a cara de pau com que fazem determinado tipo de afirmações.

Ouvir as recentes afirmações de José Sócrates e de Maria de Lurdes Rodrigues acerca do diálogo não conseguido com os Professores, batendo no peito e dizendo "mea culpa" soou a (e foi mesmo) propaganda eleitoralista.

Uma classe quase inteira (cento e tal mil de cento e quarenta mil) professores esteve na rua a manifestar-se contra as leis do governo. Nessa altura, José Sócrates e Maria de Lurdes Rodrigues não quiseram dialogar. Entretanto perderam as eleições europeias e estamos perto das eleições legislativas. Sócrates fez bem as contas e sabe que cento e tal mil votos poderão ser preciosos. Por isso, há que tentar apanhar alguns tolos com papas e bolos, retratando-se e abrindo vagas para mil professores do ensino especial.

Será que é suficiente para os professores se esquecerem de tudo o que este governo fez de errado? Será que é suficiente para esquecer que só se abriram 400 vagas para os quadros no último concurso de professores deixando de fora 15.000 professores com contratos precários de trabalho, ganhando menos do que merecem pelo menos durante mais quatro anos? Será que é suficiente para apagar a ideia de um governo autista que não ouve os seus parceiros e em que todas as opiniões são de descartar quando não são a favor do governo?

O dia das eleições legislativas provará se os portugueses (incluindo os professores) têm ou não fraca memória e se são tolos ao ponto de se deixarem enganar por papas e bolos, mesmo que estes cheirem a pântano.

Hoje, em notícia de última hora, soube-se da demissão em bloco dos directores de informação da TVI. Pouco depois de Sócrates ter proferido que o Jornal de Sexta-Feira da TVI era um ataque pessoal a si, o Director da TVI foi afastado do cargo. Hoje a direcção da TVI decidiu acabar com o Jornal de Sexta-Feira da TVI, motivando a direcção de informação a tomar aquela medida. Mais do tal pântano.

Sem comentários:

Festival Eurovisão da Canção 2018

Como é tradição, aqui vai a minha apreciação do Festival da Eurovisão deste ano. E o vencedor é... ...novamente Salvador Sobral! Sim. ...