terça-feira, setembro 27, 2011

Ilusões de ótica

Hoje tenho duas imagens que com toda a certeza irão dar-vos a "volta ao miolo".

A primeira chama-se "Ilusão de Sombra". Os quadrados marcados com "A" e "B" são da mesma cor. Palavra!


Explicação:

O sistema visual precisa determinar a cor dos objetos no mundo. Neste caso, o problema é determinar os tons de cinza do xadrez no chão. Medir apenas a luz que vem de uma superfície (a luminosidade) não é suficiente: uma sombra projetada diminui a luminosidade de uma superfície, de modo que uma superfície branca na sombra pode refletir menos luz que uma superfície escura em plena luz. O sistema visual usa vários truques para determinar onde as sombras são e como compensá-las, a fim de determinar a cor cinza que pertence à superfície.
O primeiro truque é baseado no contraste local. Na sombra ou não, um quadrado que é mais claro que os seus quadrados vizinhos é, provavelmente, mais claro que a média e vice-versa. Na figura, o quadrado mais claro na sombra é mais escuro do que os quadrados adjacentes. Assim, mesmo que o quadrado seja fisicamente escuro, ele é mais claro quando comparado com seus vizinhos. Os quadrados escuros fora da sombra, pelo contrário, são cercados por quadrados mais claros, por isso parecem mais escuros, por comparação.
Um segundo truque é baseado no facto de que as sombras têm, frequentemente, contornos suaves, enquanto as fronteiras da pintura (como os quadrados) muitas vezes têm bordas contrastantes. O sistema visual tende a ignorar as mudanças graduais do nível de luz, para que possa determinar a cor das superfícies, sem ser enganado pelas sombras. Nesta figura, a sombra parece uma sombra porque é difusa e porque a projeção da sombra do objeto é visível.
O "grau de pintura" dos quadrados é ajudado pela forma das junções em X, formadas pelos quatro quadrados adjacentes. Este tipo de junção é geralmente um sinal de que todas as arestas devem ser interpretadas como mudanças na cor da superfície e não em termos de sombras ou iluminação.
Tal como acontece com muitas das chamadas ilusões, este efeito demonstra
realmente o sucesso ao invés do fracasso do sistema visual. O sistema visual não é muito bom a medir a luz física, mas isso não é o seu propósito. A tarefa importante é quebrar as informações da imagem em componentes significativos e, assim, perceber a natureza dos objetos em exibição.

A segunda ilusão chama-se "Espirais Azuis e Verdes" (obrigado FJ por esta dica). De facto, aquilo que parece ser verde numa espiral e azul na outra, são uma e a mesma cor. Palavra!




Explicação:


As cores circundantes afetam a nossa perceção da cor, principalmente se as cores adjacentes forem opostas da primeira no círculo cromático.

Sem comentários:

Festival Eurovisão da Canção 2018

Como é tradição, aqui vai a minha apreciação do Festival da Eurovisão deste ano. E o vencedor é... ...novamente Salvador Sobral! Sim. ...