segunda-feira, outubro 01, 2007

O Cosmos de Carl Sagan

Hoje instalei a nova versão do Google Earth, graças a uma dica do meu amigo F. S.. Esta nova versão contempla a exploração do céu e não somente da terra. Conseguimos ver as constelações, as galáxias, as estrelas, os planetas, as informações com eles relacionadas e até acompanhar o seu movimento. Um must.

Isto avivou-me a veia de astrónomo. Desde criança que sou muito interessado por estes assuntos... e em abono da verdade, não consigo imaginar quem não seja... quem não se tenha interrogado pelo menos uma vez sobre este mecanismo celeste, do qual somos peças integrantes... sobre qual o sentido de tudo o que existe... e mesmo por que é que tem de existir alguma coisa.

Quando olho para trás e tento procurar o momento em que começou o meu interesse pela astronomia, vem inevitavelmente à minha memória a série televisiva protagonizada por Carl Sagan: "Cosmos". Para quem não sabe, Carl Sagan foi um cientista de renome, envolvido em vários projectos da Nasa, como as missões Viking a Marte ou a Voyager, com o seu célebre disco de sons da terra, destinada a percorrer o espaço fora do nosso sistema solar, ao encontro de uma possível civilização extra-terrestre a quem entregar os cumprimentos terráquios.

Não consigo deixar de sentir um calafrio na espinha sempre que vejo a introdução desta série. A força das imagens, aliada à música magistral de Vangelis e o discurso de Carl Sagan, tornam este momento único. Carl Sagan tinha o dom de explicar os mais complexos fenómenos científicos ao comum dos mortais.



É de Carl Sagan a seguinte frase: "Cosmos é tudo quanto existe, existiu, ou existirá".

Sem comentários:

Festival Eurovisão da Canção 2018

Como é tradição, aqui vai a minha apreciação do Festival da Eurovisão deste ano. E o vencedor é... ...novamente Salvador Sobral! Sim. ...